Um tanto mais com Jesus

Desarrazoado exigir de qualquer de nós transformações intempestivas.

Por mais formosas e edificantes as lições de aperfeiçoamento moral, é forçoso acomodarnos com o espírito de sequência, na marcha do tempo, a fim de que nos afeiçoemos a elas, adaptando-nos gradativamente aos princípios que nos preceituem.   Ser-nos-á, porém, claramente possível melhorar-nos com mais urgência e segurança se adoptarmos a prática de permanecer um tanto mais com Jesus, cada dia.

Problemas intricados surgiram, concitando-nos a soluções inadiáveis.  Se estivermos de sentimento interligado um pouco mais com o Cristo, aprenderemos a ceder de nós, sem qualquer empeço, apagando as questões que nos induzam à perturbação e à discórdia.

Apareceram desacatos, impulsionando-nos ao revide.  Se os recebemos, um tanto mais com Jesus, nas nossas atitudes e respostas, todas as expressões de desapreço serão dissolvidas nas fontes da compreensão e da tolerância.

Surpreendemos companheiros que se fazem difíceis. Se lhes acolhermos os obstáculos, conservando as nossas diretrizes e providências, um tanto mais com Jesus, para breve se nos transfiguram em colaboradores valiosos, convertendo-se, por fim, em estandartes vivos de nossas idéias.

Encontramos desencantos nas trilhas da experiência.  Aceitando-os, no entanto, um tanto mais com Jesus em nosso comportamento, para logo se transformam em lições e bênçãos que passamos a agradecer à Sabedoria da Vida.

* * *
Em casa, no grupo de trabalho, na vida social, na profissão, no ideal ou na via pública, experimente sentir, pensar, falar e agir, um tanto mais com o Cristo, e observemos os resultados.

* * *

Pouco a pouco, percebemos que o Senhor não nos pede prodígios de transformação imediata ou espectáculos de grandeza, e sim que nos apliquemos ao bem, de modo a caminhar com Ele, passo a passo, na edificação de nossa própria paz.

* * *

Não te atemorizem programas de reajuste, corrigenda, sublimação ou burilamento.
Ante as normas que nos indiquem elevação para a Vida Superior, recebamo-las
respeitosamente, afeiçoando-nos a elas, e, seguindo adiante, na base do dever rectamente executado e da consciência tranquila, pratiquemos a regra da ascensão espiritual segura e verdadeira: sempre um tanto menos com os nossos pontos de vista pessoais e, a cada dia que surja, sempre um tanto mais com Jesus.

Emmanuel, no livro Rumo Certo, psicografia de Francisco Cândido Xavier

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s